Buscar
Além da senzala: arranjos escravos de moradia no Rio de Janeiro (1808-1850)
Cód:
446_9788579700743

Por: R$ 50,00

Preço a vista: R$ 50,00

Comprar
A escravidão nas cidades brasileiras é ato crescente de nossa historiografia. O Rio de Janeiro, em particular, tem sido bastante estudado pelos historiadores nas últimas décadas. Os temas tratados são muitos: o trabalho escravo, os grupos étnicos, a capoeira, a religião, os divertimentos, as fugas, a repressão policial, as alforrias e os libertos, entre tantos outros. Uma das tarefas cumpridas por Ynaê Lopes neste livro é exatamente fazer um balanço desses estudos, mas o faz em busca de pistas para o seu assunto, a moradia escrava. E verifica que pouco foi escrito a esse respeito, talvez por tratar-se de matéria sobre o que parcas evidências diretas estão disponíveis. Mas a historiadora, perspicaz, busca interpretar os poucos indícios que encontrou e, principalmente, interpretar o silêncio, em boa medida resultante de uma atitude ambígua das autoridades diante da questão. Uma modalidade muito comum de arranjo de moradia nas cidades escravistas, e não só no Brasil, era a existência de um grande contingente de escravos que viviam fora da casa senhorial, que moravam sobre si. Eram na sua maioria negros de ganho, que saíam às ruas em busca de trabalho para sustentar seus senhores e a si próprios, não só procurando a comida, como o agasalho e o lugar do sono cotidiano. A autonomia dos escravos no ganho se refletia na autonomia residencial. Aos senhores interessavam apenas a féria por eles contratada e trazida no final de cada semana de duro labor. Ynaê identifica alguns momentos da escravidão na Corte em que a polícia e a câmara municipal chegaram a tentar controlar a moradia escrava porque temiam que a rebeldia pudesse resultar da facilidade de movimentação e de pouso dos cativos através da cidade. Essa preocupação aparece com alguma nitidez em meados da década de 1830, sobretudo depois da revolta dos Malês na Bahia, em 1835, que as autoridades cariocas temeram pudesse contaminar a escravaria local. A tarefa, porém, era muito grande, quase impossível, numa cidade em q
Veja mais

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região