Buscar
Justiça restaurativa e(m) conflitos étnico-raciais
Cód:
506_9786525216331

Por: R$ 64,90

Preço a vista: R$ 64,90

Comprar
Este livro interpela a compreensão da justiça restaurativa enquanto mera tecnologia social de resolução de conflitos, produzindo um realinhamento da práxis restaurativa em direção às lutas e movimentos voltados para a promoção da justiça social, étnico-racial e socioambiental, o que demanda o tratamento de traumas históricos e intergeracionais sofridos pela população negra no Brasil. Trata-se de um entendimento da justiça restaurativa que busca a transformação de padrões conflitivos assentados em violências estruturais, institucionais, culturais e históricas. Partindo do estudo de caso do conflituoso processo de identificação como quilombo da comunidade de Patos do Ituqui, no município de Santarém, estado do Pará, o autor descreve de forma pormenorizada as lutas por reconhecimento e direitos das comunidades remanescentes de quilombos no Brasil; os limites e possibilidades da conformação social de identidades étnico-raciais de moradores de comunidades rurais de ancestralidades negras em torno da categoria quilombola; assim como as concepções e procedimentos utilizados na aplicação da justiça restaurativa em Patos do Ituqui, com vistas a estimular o fortalecimento da autonomia e da autodeterminação dos moradores da comunidade face a um conflito identitário. O livro também aborda os obstáculos enfrentados na consecução desta atividade e seus principais resultados, que levaram a discutir o significado da justiça restaurativa para os quilombos na Amazônia brasileira.
Veja mais

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Quem viu também comprou